Menu
Faça já o seu pedido > >

Precisa cortar no orçamento? Saiba 6 coisas que não deve tirar

Quem desejar eliminar despesas e poupar dinheiro certamente vai começar a cortar no orçamento coisas que considera desnecessárias ou supérfluas.

De fato, tudo o que for em excesso deve sim ser retirado do dia a dia. Mas é importante entender que acreditar que viver somente com o básico e o essencial é possível pode acabar com a felicidade de qualquer um.

Tendo isso em mente, existem alguns gastos que não deve cortar, mesmo se quiser juntar a maior quantidade de dinheiro possível.

Portanto, neste artigo vamos ser diferentes. Continue a ler e descubra 6 coisas que não deve tirar ao cortar no orçamento!

6 coisas que você não deve cortar do orçamento mesmo que queira poupar

Economizar é importante, e a poupança deve ser praticada por todas as famílias. Entretanto, não se deve exagerar e eliminar todos os gastos, mantendo somente o essencial para viver.

A seguir vai conhecer 6 coisas que deve manter no orçamento, claro que sem exageros, para aprender a poupar na medida certa.

1 - Diversão e lazer

Todos precisamos de um tempo de descanso e lazer. Não adianta ficar em casa para poupar, mas ser infeliz, stressado e entediado.

Pode e deve reservar uma quantia todos os meses para garantir momentos de lazer e diversão para si e para a sua família.

Basta planear e não gastar além do que for delimitado para essa finalidade. Pode ainda escolher programas sem gastar nada, como fazer um piquenique por exemplo.

O importante é ter consciência de que se privar de coisas que lhe dão prazer não resolve nada. Portanto considere a reserva de lazer uma das despesas essenciais para você se sentir bem.

2 - Despesas com saúde

A saúde está sempre em primeiro lugar, portanto, não vá cortar no orçamento despesas, como ginásio, medicamentos e exames.

Se precisa muito tomar algum medicamento ou fazer algum exame, por mais caro que seja, não deixe de usar o seu dinheiro com isso.

Ignorar algo desse aspecto pode fazê-lo ficar doente ou ter gastos mais elevados no futuro que poderiam ter sido evitados.

O ginásio pode ser dispensado, mas apenas se conseguir praticar exercícios de forma gratuita, correndo ou caminhando, por exemplo. 

Mas se é uma atividade específica para garantir a melhoria da sua saúde, como aulas de pilates para quem sofre com doenças nas articulações, por exemplo, então deve ser mantido no orçamento.

3 - Serviços essenciais

Alguns gastos que podem parecer desnecessários, na verdade são essenciais para garantir a sua produtividade e rendimento.

Por exemplo, pagar uma pessoa para limpar a sua casa pode ser mais benéfico do que você mesma limpar e deixar de fazer algum trabalho importante, por exemplo.

Cada um deve saber o que mais é valioso para poupar o seu tempo, e assim distinguir as atividades que podem ser delegadas.

Lembre-se, alguns gastos que podem parecer luxos são na verdade importantes. Já que lhe possibilitam ser mais produtivo e usar o seu tempo no que realmente importa e traz dinheiro.

4 - Oportunidades únicas

Muitos irão considerar isso como algo desnecessário. Mas acredite, é um dos gastos essenciais que não deve cortar.

Experiências únicas acontecem somente em algumas oportunidades, como um espetáculo, uma palestra para aprender algo novo sobre a sua profissão, vagas para um curso concorrido.

Nestes casos não deixe a oportunidade passar, pois não sabe quando terá uma nova chance, basta organizar o orçamento.

5 - Pequenas alegrias

Pode e deve sim reduzir os gastos com pequenas coisas que não são essenciais. Mas entenda que cortar pequenos prazeres pode ser prejudicial.

O que traz alegria para alguém é muito pessoal e varia para cada pessoa. Para alguns, por exemplo, essas pequenas alegrias consistem em comer num bom restaurante todos os meses, para outros gastar no aluguer de um filme online.

Não elimine estes momentos da sua vida, apenas saiba diferenciá-los do que é exagero e do que vai te fazer feliz.

6 - Coisas que podem aumentar sua renda

Investir em algo que vai aprimorar os seus conhecimentos ou ensinar algo novo poderá lhe trazer uma renda no futuro.

Assim, aquela máquina de costura, ou máquina fotográfica por exemplo, mesmo que tenha um alto valor, pode ajudar a colocar mais dinheiro no seu bolso.

O que inicialmente pode parecer sem importância, pode lhe render bons frutos no futuro. Portanto, considere isso como um investimento e não um gasto desnecessário.

Poupar é necessário e saudável para as suas finanças. Entretanto como tudo na vida, também deve ser feito com moderação.

Dessa forma, pondere acerca das suas prioridades e siga essas dicas antes de cortar no orçamento.

Contraste
Fontes legíveis
Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.