Menu
Faça já o seu pedido > >

Como se pode preparar para o empréstimo habitação?

O empréstimo habitação é uma excelente alternativa para adquirir casa própria.

Mas antes de tomar qualquer decisão é necessário ter atenção ao máximo de detalhes para evitar eventuais problemas.

Na hora de financiar um imóvel, o primeiro e mais importante passo é preparar-se financeiramente.

Muitas vezes há uma falsa ilusão com o valor da prestação. Há quem acredite que as prestações deste tipo de financiamento são sempre baixas, no entanto, não é bem assim.

O valor da prestação engloba vários fatores, como os juros, comissões… Mas o ponto principal é o valor de entrada.

Quanto maior for a entrada para o empréstimo, menor é a prestação. Este é um dos motivos pelos quais este tipo de financiamento exige tanto planeamento.

Empréstimo habitação: O que é?

Trata-se da concessão de um crédito vinculado à compra de um bem imóvel.

O banco, depois de aprovar o seu crédito e redigir um contrato, disponibiliza o valor previamente acordado.

Esta quantia será devolvida ao banco em prestações, que pagará ao longo do prazo estabelecido em contrato.

Mas não vai simplesmente devolver o mesmo valor emprestado pela instituição.

Haverá a aplicação de juros e correção monetária embutida no valor das parcelas, além da inclusão de seguros e taxas. 

5 dicas essenciais para se preparar para o empréstimo habitação

Comprar a própria casa é o sonho de muitos! Porém, comprometer-se a um financiamento pode parecer complicado para quem nunca pediu um crédito.

Com isto em mente, separámos 5 dicas valiosas para adquirir o crédito habitação.

1 - Faça uma simulação do empréstimo habitação

Para saber quanto pode gastar na compra de um imóvel financiado, primeiro é preciso ter em mãos o valor que seria investido mensalmente nas parcelas.

Escolha o imóvel e aceda ao site de alguma instituição financeira que faça este tipo de crédito.

Coloque no simulador o valor total e quanto poderá dar como entrada. Depois, preencha o número de parcelas para obter o valor total das prestações.

2 - Faça comparações entre as opções de financiamento

Olhar somente para os juros que cada instituição cobra na simulação pode não ser a maneira correta de comparar os valores.

Para isso, deve saber o Montante Imputado ao Consumidor (MTIC) que é o valor final que será pago após o fim do contrato.

Todas as instituições de financiamento informam o MTIC antes de disponibilizarem o crédito.

De maneira geral, resume todos os custos que terá sobre o imóvel. Por isso, é um fator que deve ter atenção.

3 - Tenha pelo menos 10% do valor de entrada do imóvel

Quanto maior for a entrada na compra da sua nova casa ou apartamento, menores serão os juros que vai pagar ao longo dos anos.

Por isso, faça uma poupança e, se for preciso, espere mais alguns meses para ter, pelo menos, 10% do valor total do imóvel.

4 - Não comprometa mais do que 30% da sua renda mensal na prestação do imóvel

Ao comprometer mais do que 30% da sua renda no empréstimo habitação, pode arriscar demasiado e ter surpresas más no final do mês.

Não se esqueça que imprevistos financeiros podem transformar-se em dificuldades se não tiver uma reserva.

5 - Planeie os seus gastos

Para definir qual é o preço médio do imóvel que deseja e quanto pode dar de entrada, é preciso organizar os gastos para ter a noção de quanto conseguirá pagar por mês.

Faça um documento e anote todos os seus gastos mensais, desde as despesas fixas até o cafezinho que toma a meio da tarde.

Ao ter mais consciência de como, quando e onde gasta o seu dinheiro, é mais fácil saber o que dá para cortar e o que não é possível tirar do orçamento familiar.

Agora que conhece as nossas dicas está pronto para adquirir o empréstimo habitação e realizar o sonho da casa própria!

Contraste
Fontes legíveis
Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.