Menu
Faça já o seu pedido > >

Como conquistar a inteligência emocional no mundo empresarial?

Já parou para pensar sobre o que é a inteligência emocional no ambiente de trabalho?

Se ainda não, saiba que este conceito pode ajudá-lo a ter um dia a dia mais leve na empresa, contemplando resultados mais satisfatórios e positivos para si.

Enquanto trabalharmos em equipa e em prol da empresa, a inteligência emocional será a base essencial para o entendimento das complexidades e dilemas de todas as relações no ambiente de trabalho, de modo a alcançar os melhores resultados.

Portanto, saber administrar as nuances da emoção humana na área empresarial traz vantagens práticas como o aumento na produtividade efetiva, a colaboração dos funcionários, o consenso das tomadas de decisões, a satisfação do cliente e, claro, nos lucros obtidos.

Principalmente neste tempo em que vivemos de Covid-19, é importante que as novas tecnologias digitais, como IA, continuem a sua evolução sistémica.

Pois promover uma cultura de trabalho emocionalmente inteligente faz toda a diferença. 

Imagine CEO’s, empreendedores, líderes e gestores adeptos desse caminho, impulsionando o crescimento e a inovação das empresas através do desenvolvimento equilibrado dos mais refinados atributos humanos e das máquinas?

Seria definitivamente a combinação perfeita, não?

Entretanto, se isso não for possível a curto prazo, no mínimo deve desenvolver-se essas experiências focadas na empatia e na compreensão em tempo real do que os clientes precisam, sentem e esperam de determinado serviço ou produto.

Estes seriam passos firmes rumo ao sucesso de hoje e do que vem pela frente. Mas voltemos ao nosso tema principal, que é a inteligência emocional.

 Qual o real significado da inteligência emocional?

Inteligência emocional é, basicamente, a capacidade de compreender e gerir as próprias emoções, além de lidar com as emoções e sentimentos das pessoas ao seu redor.

De acordo com Daniel Goleman, psicólogo e pesquisador dedicado ao conceito, esta é: “a capacidade de identificar os nossos próprios sentimentos e dos outros, de nos motivarmos e gerirmos os impulsos dentro de nós e nos nossos relacionamentos.”

Ao expandir a inteligência emocional poderá obter benefícios de diversas formas, pois tende a administrar melhor a questão do stress, pratica a resiliência necessária para enfrentar as tarefas do dia a dia e constrói boas relações interpessoais, ao interagir com os profissionais que trabalham consigo com mais empatia.

Dicas para desenvolver esta qualidade no ambiente de trabalho

É simples dizer que o profissional precisa de manter a inteligência emocional, estando sempre calmo enquanto realiza as suas atividades do dia a dia.

Mas como é possível fazer isso num local onde surgem imprevistos e se lida com pessoas diferentes o tempo todo?

De seguida, vai conhecer algumas dicas importantes de como desenvolver este importante atributo no ambiente de trabalho. Acompanhe!

Conheça as suas próprias emoções e aprenda a controlá-las

Inicialmente, é necessário que se esforce cada vez mais para se autoconhecer e ter controle das próprias emoções.

Quando perceber que está a ficar com os ânimos alterados ou que está com algum sentimento confuso em evidência, é fundamental procurar formas para descobrir a origem dessa sensação e aprimorar o autocontrolo.

A partir do momento em que se tem conhecimento da origem da emoção, sabendo o que o deixa um pouco mais nervoso, triste ou desmotivado, consegue pensar em formas de desenvolver esse autocontrolo.

Pode ser que sua forma de acalmar o stress passe por conversar com um colega, fazendo uma pausa para o lanche, entre outras possibilidades. É preciso tentar algumas vezes para descobrir o que funciona para si.

 Lide com as suas emoções

Deve ir-se além de reconhecer e controlar as emoções. É preciso lidar com elas.

Pode ser que estas apareçam com frequência, o que faz com que seja necessário um mergulho mais profundo na origem dessas sensações, entendendo o que isso provoca em si.

Talvez precise de procurar apoio psicológico com profissionais especializados, para que receba orientações mais assertivas sobre como lidar com essas questões.

Saber lidar com as suas emoções reflete-se diretamente na convivência com os colegas de trabalho e nos resultados profissionais.

 Pratique a empatia diariamente

Ter o controlo dos seus sentimentos gera empatia porque passa a entender um pouco o lado do outro e a colocar-se no lugar dele.

Dessa forma, fica mais fácil compreender as emoções de terceiros, o que diminui as hipóteses de situações de stress.

Por fim, deve saber que as empresas valorizam um profissional que possui essa habilidade.

Isto porque este se destaca nas suas atividades diárias e, principalmente, na relação com os colegas de trabalho e com os clientes.

Colaboradores com este perfil passam a ser notados e podem alcançar cargos de liderança no negócio.

Contraste
Fontes legíveis
Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.