Menu
Faça já o seu pedido > >

5 dicas para conseguir o melhor crédito consolidado

Para escolher o melhor crédito consolidado é preciso analisar alguns pontos importantes do novo contrato que será celebrado.

Lembre-se que através da consolidação, os créditos que possui com vários credores serão unificados num só.

Através desta operação, é possível obter uma poupança de até 60% nas despesas relativas ao pagamento de prestações de empréstimos.

Vamos explicar o que deve ser analisado antes de contratar o crédito consolidado.

Escolher o melhor crédito consolidado: 5 dicas para fazer um bom negócio

É importante esclarecer que um contrato de crédito consolidado é bastante similar a outros tipos de empréstimo, como o pessoal.

Ou seja, possui as mesmas componentes como TAEG, taxa de juros, comissões…

Portanto, a escolha do melhor crédito consolidado passa pela análise destes fatores, que se refletem no valor final do contrato.

Neste sentido, conheça de seguida as nossas sugestões sobre o que deve analisar para escolher a melhor proposta de crédito consolidado.

1 - Taxas de Juros (TAN e TAEG)

Nos contratos de crédito consolidado também existem taxas de juros, como a TAN (Taxa Anual Nominal) e a TAEG (Taxa Anual Efetiva Global).

São estas taxas que irão determinar o custo do dinheiro, ou seja, qual será o lucro do banco ao aprovar o seu contrato.

A TAN, apesar de incidir no contrato, não é a melhor taxa para perceber qual é a proposta de crédito mais vantajosa.

Isto porque não reflete todos os encargos com o crédito. A TAEG, por sua vez, é mais completa por incluir todas as despesas do contrato, como comissões, impostos...

Assim, a primeira dica para encontrar o melhor crédito consolidado é: procure pela TAEG mais baixa.

2 - Comissões e encargos

Outro aspeto importante a analisar é a cobrança de comissões e encargos associados ao contrato de crédito.

Muitas entidades financeiras isentam o consumidor destas despesas, o que torna o contrato menos dispendioso.

Portanto, quando for realizar a sua pesquisa, tenha em conta se o banco ou financeira o beneficiam com a isenção de comissões e encargos.

3 - Prazo e montante

Através da consolidação, pode unificar diversas prestações de diferentes contratos de crédito, como o pessoal, cartão de crédito...

Se a sua dívida for mais elevada, precisa de encontrar uma entidade que aceite suportar um contrato com o montante total.

Portanto, deve avaliar os montantes mínimos e máximos trabalhados por bancos e financeiras antes de solicitar o crédito consolidado.

Observe também o prazo do contrato. Lembre-se que quanto maior for, mais tempo estará a pagar juros.

Faça as contas e perceba qual é o prazo que proporciona o melhor custo vs. benefício em termos de poupança.

4 - Contratação de um financiamento extra

Ao consolidar os seus créditos, consequentemente as prestações serão reduzidas e a sua taxa de esforço também.

Desta forma, passa a ter uma margem para contratar outros empréstimos, caso seja necessário.

Muitas entidades disponibilizam a contratação de um financiamento extra para clientes que aderem ao crédito consolidado.

Se precisa de mais dinheiro, pesquise bancos e financeiras que proporcionam esta vantagem.

5 - Faça simulações

Assim como em qualquer tipo de empréstimo, fazer simulações facilita a escolha da melhor proposta.

Aproveite os simuladores online para comparar os termos de diferentes entidades, e assegure-se que está a fazer um bom negócio.

Coloque estas 5 dicas em prática e fique mais próximo de encontrar o melhor crédito consolidado!

Contraste
Fontes legíveis
Este site usa cookies, poderá consultar toda a informação na nossa página de Política de Privacidade. Reconheço e aceito que ao continuar a utilizar este site, dou o meu consentimento à utilização dos cookies deste site. Para mais informações sobre os cookies que utilizamos, como os gerimos e/ou apagamos, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.